fbpx
Esportes

Seleção feminina vence Argentina por 3 sets a 0 e consegue segunda vitória no Campeonato Mundial

Compartilhar

Gabi marcou 15 pontos contra a Argentina.

Depois de vencer a República Tcheca na estreia, a seleção feminina venceu a segunda partida no Campeonato Mundial. Nesta segunda-feira (26.09), o Brasil superou a Argentina por 3 sets a 0 (25/19, 25/13 e 25/21), em Arnhem, na Holanda. A ponteira Gabi foi a maior pontuadora do confronto ao lado da argentina Daniela Bulaich, com 15 acertos. A atacantes Pri Daroit e Kisy, com 13 cada uma, também tiveram boas atuações. A equipe do treinador José Roberto Guimarães volta à quadra na próxima quarta-feira (28.09), às 10h, contra a Colômbia. O sportv 2 transmite ao vivo.

Vídeos:

Carol

Pri Daroit

Pri Daroit, ponteira, marcou 13 pontos (11 de ataque e dois de bloqueio) contra a Argentina: “Gostei muito do nosso comportamento na partida contra a Argentina. Erramos um pouco no primeiro set, mas no segundo conseguimos impor o nosso ritmo. No terceiro, reagimos e fechamos o confronto em sets diretos, o que é muito importante para a sequência da competição”.

Carol, central, fez oito pontos (três de ataque, quatro de bloqueio e um de saque): “O grupo está de parabéns por essa vitória. Nunca é fácil jogar contra a Argentina e cada resultado nessa fase é muito importante para a sequência do Mundial. Temos que buscar uma consistência maior em toda a partida, mas fiquei feliz com o comportamento da equipe”.

Gabi, ponteira, marcou 15 pontos de ataque: “Hoje nosso saque funcionou melhor e tocamos em mais bolas no bloqueio. Também erramos menos e jogamos com mais inteligência. No terceiro set começamos um pouco devagar e a Argentina cresceu no confronto. Isso não pode acontecer, mas tivemos um boa atitude para conseguir crescer no final e fechar a parcial”.

José Roberto Guimarães, treinador do Brasil: “Tivemos uma quantidade menor de erros no jogo de hoje. Foi um jogo importante para termos um melhor sincronismo. O terceiro set foi mais equilibrado, a Argentina abriu no início, mas nos recuperamos no final. Estamos em uma chave difícil e precisamos de atenção total nas partidas”.

O Brasil disputa o Mundial feminino com as levantadoras Macris e Roberta, as opostas Kisy e Lorenne, as ponteiras Gabi, Rosamaria, Pri Daroit e Tainara, as centrais Carol, Carol Gattaz, Julia Kudiess e Lorena, as líberos Nyeme e Natinha.

A seleção feminina está no Grupo D ao lado da República Tcheca, da Argentina, da Colômbia, do Japão e da China. As equipes se enfrentam dentro da chave e as quatro melhores se classificam para a próxima fase.

CAMPEONATO MUNDIAL

1ª FASE

Grupo D – Arnhem, na Holanda

24.09 (SÁBADO) – Brasil 3 x 1 República Tcheca (25/20, 25/16, 22/25 e 25/18)
26.09 (SEGUNDA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Argentina (25/19, 25/13 e 25/21)
28.09 (QUARTA-FEIRA) – Brasil x Colômbia, às 10h (horário de Brasília) – sportv 2 
30.09 (SEXTA-FEIRA) – Brasil x Japão, às 9h15 (horário de Brasília) – sportv 2
01.10 (SÁBADO) – Brasil x China, às 9h (horário de Brasília) – sportv 2 

Fonte: CBV


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual
Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Translate »