fbpx
News

Realização do “Concurso de Inovação e Empreendedorismo (Macau) para as Empresas de Tecnologia do Brasil e de Portugal 2022”

Compartilhar

Com vista a valorizar a função de Macau como a Plataforma entre a China e os Países de Língua Portuguesa e construir Macau num suporte importante para a promoção da construção do centro internacional de inovação científica e tecnológica e do corredor de inovação científica e tecnológica da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, a Direcção dos Serviços de Economia e Desenvolvimento Tecnológico (DSEDT) da RAEM realizou quinta (dia 29), o Concurso de Inovação e Empreendedorismo (Macau) para as Empresas de Tecnologia do Brasil e de Portugal 2022 (adiante designado por “Concurso”), e depois dos catorze projectos de inovação tecnológica competiram no roadshow online, o projecto Virtuleap de Portugal ganhou o campeonato do Concurso. Os projectos estarão também dispostos a participar no emparelhamento para financiamento, exposições de grande dimensão, continuando promover a cooperação e articulação da inovação tecnológica sino-lusófona.

O Subdirector da DSEDT, Chan Hon Sang, no seu discurso, afirmou que o Governo da RAEM aproveita, de forma activa, o papel de Macau enquanto plataforma sino-lusófona, ajudando a Grande Baía na construção de um corredor de inovação tecnológica internacionalizado. Na sequência do primeiro concurso realizado no ano passado, o tema do Concurso deste ano foca-se em duas grandes áreas: “Grande Saúde” e “Novos Materiais”. Por um lado, o Concurso demonstra a força líder na área tecnológica do Brasil e de Portugal, e por outro, atrai as equipas de startups nas áreas da tecnologia próximas da direcção do futuro desenvolvimento da tecnologia de Macau, Hengqin e da Grande Baía. O Concurso também promove o intercâmbio científico e tecnológico entre a China e os Países da Língua Portuguesa, e ajuda também o desenvolvimento da Grande Baía. O mesmo responsável referiu também que, sob apoio do Ministério de Ciência e Tecnologia do Estado,Macau, Hengqin e Zhuhai estão a desenvolver, de forma activa, o “Centro de Cooperação e Intercâmbio de Ciência e Tecnologia entre China e os Países da Língua Portuguesa”, promovendo a ligação entre a China e os Países da Língua Portuguesa no domínio da inovação, empreendedorismo e cooperação científica e tecnológica.

A presente edição continua adoptar a realização sob a forma de “Recomendação local, apreciação em Macau e instalação na Grande Baía” e contou com a participação de um total de 14 projectos excelentes recomendados por várias incubadoras e instituições de ensino superior de Portugal e do Brasil. Na fase final do Concurso, houve duas sessões: a realização de roadshow online de 10 minutos para cada startup e as perguntas e resposta online – questões colocadas pelo Júri, para que todos os projectores apresentassem soluções inovadoras em várias áreas como grande saúde, novos materiais, e depois respondessem as questões colocadas pelo Júri, que é composto por investidores profissionais, instrutores das instituições de ensino superior, responsáveis de instituições financeiras, representantes de incubadoras, seleccionando finalmente os cinco prémios.

Após roadshow online, o projecto Virtuleap de Portugal venceu finalmente o campeão, ficando no segundo e no terceiro lugares W3.Care do Brasil e Yosen do Brasil, respectivamente, sendo-lhes atribuídos diploma de distinção e prémios monetários de 150.000, 100.000 e 80.000 patacas. Enquanto o “Prémio de Maior Potencial de Desenvolvimento na Área da Grande Baía” e o “Prémio de Transferência do Valor Científica e Tecnológica” foram concedidos, respectivamente, ao ByMyCell do Brasil e ao R5m Marine Solutions de Portugal a cada um deles um diploma de distinção e um prémio monetário de 50.000 patacas.

Além disso, na tarde depois da conclusão do Concurso, os projectos serão disponibilizados bolsas de contacto com instituições de investimento, empresas, instituições de ensino superior, incubadoras do Interior da China, explorando a viabilidade da cooperação Indústria-Universidade-Investigação e implementação de projectos. No futuro, os projectos também participarão na 27.ª Feira Internacional de Macau 2022 (MIF), Exposição de Produtos e Serviços dos Países de Língua Portuguesa (Macau) (2022 PLPEX) e Semana de Ciência e Tecnologia 2022 e exposição, de forma a demonstrarem as suas forças da inovação tecnológica ao mundo, especialmente aos investidores do Interior da China, para procurarem ainda mais investimento e financiamento, bem como oportunidades de cooperação comercial.

O Concurso é apoiado pelo Departamento Provincial de Ciência e Tecnologia de Jiangsu, Direcção de Ciência e Tecnologia de Guangzhou, Direcção dos Serviços de Desenvolvimento Económico da Zona de Cooperação aprofundada entre Guangdong e Macau em Hengqin, Direcção dos Serviços de Inovação Científica e Tecnológica de Zhuhai e as sete incubadoras do Brasil e de Portugal, colaborado pelo Parafuturo de Macau Investimento e Desenvolvimento Lda., Centro de Incubação de Negócios para os Jovens de Macau, e pelo Banco da China, Sucursal de Macau e Banco Nacional e Ultramarino. O Concurso foi presidido pelo Subdirector da DSEDT, Chan Hon Sang, Vice-ministro do Departamento dos Assuntos Económicos do Gabinete de Ligação do Governo Popular Central na Região Administrativa Especial de Macau, Huang Shengbiao, Presidente do Conselho de Administração do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, Substituto, U U Sang, Coordenadora do Gabinete de Apoio ao Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, Mok Iun Lei, membro do Conselho de Administração do Fundo para o Desenvolvimento das Ciências e da Tecnologia, Cheang Kun Wai, Vice-director da Direcção de Inovação de Ciência e Tecnologia de Zhuhai, Dai Ge, Direcção dos Serviços de Desenvolvimento Económico da Zona de Cooperação aprofundada entre Guangdong e Macau em Hengqin, Huang Zhongjian, Director Executivo de Indústria de Zhuhai Da Heng Qin Desenvolvimento Limitada, Chen Xinhua , Vice-reitora da Universidade de Macau, Xu Jian, o Vice-reitor da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau, Jacky So Yuk Chow, Director Administrativo do Banco da China, Sucursal de Macau, Ieong Chi Kuong e Director Executivo do Centro de Incubação de Negócios para os Jovens de Macau, Lam Ka Vai.

Fonte: Governo de Macau


Seu apoio é importante, tornando-se um assinante você está contribuindo para o crescimento do bom jornalismo e ajudará a salvaguardar nossas liberdades e democracia para as gerações futuras. Obrigado pelo apoio! Duna Press Jornal e Magazine, mídia livre e independente trabalhando a informação com ética e respeito ao leitor. Notícias, oportunidades e negócios, seu portal nórdico em português.

Assinatura Anual
Assinatura Anual

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Translate »