fbpx
News

MT: Gefron apreende mais de R$ 4 milhões em cloridrato de cocaína na fronteira com a Bolívia

Compartilhar

O valor equivale a 150 tabletes da droga, que totalizaram 163 quilos.

Em apenas uma apreensão, o Grupo Especial de Fronteira (Gefron) provocou um prejuízo de R$ 4,1 milhões ao crime organizado, que atua com o tráfico de drogas e usa a fronteira de Mato Grosso como rota para transporte do entorpecente produzido na Bolívia para diferentes regiões do Brasil. 

O valor equivale a 163 quilos de cloridrato de cocaína, que foram apreendidos, na madrugada desta sexta-feira (07.10), em uma área rural do município de Porto Esperidião (323 km de Cuiabá). O entorpecente estava sendo transportado por um grupo de pessoas e cinco delas acabaram presas em flagrante.

Conforme informações do Gefron, a equipe de plantão estava realizando rondas pela MT-388, que interliga os municípios de Porto Esperidião/Brasil e San Matias/Bolívia. Os operadores de fronteira se depararam com um grupo de pessoas transportando fardos suspeitos em suas costas, que abandonaram a carga e fugiram ao perceber a presença da polícia.

Enquanto uma parte dos agentes iniciou as buscas pelos suspeitos, a outra verificou a carga abandonada. Eles encontraram fardos carregados com 150 tabletes de cloridrato de cocaína. Já o grupo que cumpriu buscas pela região de mata prendeu cinco dos suspeitos flagrados.

O entorpecente foi encaminhado à Polícia Federal de Cáceres juntamente com os homens presos.

Em Campo Verde

Em outra ação, a partir de informações da inteligência do Gefron, homens da 8ª Companhia da Polícia Militar de Campo Verde (137 km de Cuiabá) apreenderam, nesta quinta-feira (06.10), em um veículo Fiat Strada, 57 quilos de pasta base de cocaína, avaliados em R$ 1 milhão.

A abordagem ocorreu no momento que o suspeito chegava à cidade com a carga de entorpecente. Durante a vistoria, os policiais encontraram os tabletes da droga, que estava na carroceria do veículo, coberta apenas pela capota.

Foram apreendidas 55 barras de pasta base de cocaína. O suspeito recebeu voz de prisão por tráfico de drogas e foi encaminhado à delegacia de Polícia de Campo Verde juntamente com a pasta-base e o veículo. 

Fonte: Governo do Mato Grosso


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »