fbpx
News

Prefeitura fortalece combate à obesidade em escolas e unidades de saúde de Manaus

Compartilhar

Considerado um grave problema de saúde pública, a obesidade tem sido alvo de ações de combate pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), em escolas e unidades básicas de saúde, com intuito de sensibilizar a população sobre a doença e oportunizar o acesso a serviços de prevenção. Nesta terça-feira, 11/10, a secretaria promoveu uma ação especial em comemoração ao Dia Nacional de Prevenção da Obesidade.

Dados do Ministério da Saúde, obtidos pela pesquisa anual de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), apontam que Manaus está entre as capitais brasileiras com maior índice de adultos com obesidade, figurando em 1º lugar no ranking entre 2017 e 2020, e em 2º lugar em 2021.

A gerente de Condições Crônicas da Semsa, enfermeira Lilian Paula Lima, informa que a secretaria inseriu em sua estrutura organizacional, em julho deste ano, o Núcleo de Atenção à Saúde das Pessoas com Doenças Respiratórias, Obesidade e Neoplasias, a fim de priorizar o cuidado com a saúde de usuários nessas condições.

“O acompanhamento do usuário com sobrepeso ou obesidade se inicia no momento em que ele comparece a qualquer unidade básica de saúde, onde ele é acolhido por uma equipe multidisciplinar e tem acesso aos exames e consultas necessários. De acordo com avaliação do profissional, ele segue o acompanhamento na Atenção Primária, ou é encaminhado aos demais níveis de atenção, em casos mais graves”, explica Lilian.

Escolas

A enfermeira acrescenta que outro importante aliado no combate à obesidade é o Programa Saúde na Escola (PSE), desenvolvido pela Semsa no âmbito escolar, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed). Os profissionais realizam ações rotineiras de promoção à saúde para incentivar a alimentação saudável e a prática de atividades físicas, assim como intervir em casos de sobrepeso ou obesidade infantil.

“A obesidade pode atingir diversos órgãos do corpo, como coração, fígado, rins e articulações, levando ao desenvolvimento de uma série de doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares, hipertensão, Acidente Vascular Cerebral (AVC) e várias formas de câncer, além de desencadear problemas de saúde mental. Precisamos reunir todos os esforços possíveis para estimular que nossa população adote hábitos saudáveis e venha a ter uma melhor qualidade de vida”, pontua.

Obesidade infantil

No dia 27/9, a Semsa deu início a um projeto-piloto, em parceria com a Semed, com objetivo de intensificar a prevenção, controle e tratamento da obesidade infantil, de crianças de zero a 5 anos de idade, no âmbito do Programa Crescer Saudável, vinculado ao Programa Saúde na Escola (PSE).

A gerente dos Ciclos de Vida da Semsa, Patrícia Marques, alerta que, em Manaus, foi observado prevalência de 19,77% de risco de sobrepeso, 8,85% de sobrepeso (quando há acúmulo excessivo de gordura corporal), e 6,12% de obesidade em crianças de 0 a 5 anos atendidas nas UBSs em 2021, segundo dados do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional.

“Uma das atividades é a qualificação da coleta dos indicadores antropométricos (peso e altura) para avaliação do estado nutricional dos educandos, com objetivo de avaliar e monitorar o estado nutricional, além de atender as crianças identificadas com risco nutricional através de intervenção e cuidado na rede de atenção à saúde”, conta Patrícia.

Fonte: Prefeitura de Manaus


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Translate »