fbpx
Mundo Militar

Oficiais da Engenharia do Brasil habilitam colombianos em Gestão de Qualidade em Técnicas de Desminagem

Compartilhar

Os militares brasileiros que compõem o Grupo de Assessores Técnicos Interamericanos na Colômbia (GATI-CO), Tenente-Coronel de Engenharia do Exército Brasileiro Cláudio Santos Bispo e Capitão-Tenente (FN) da Marinha do Brasil Gustavo Lopes da Silva Freitas finalizaram, no dia 7 de outubro, a fase de nivelação em técnicas de desminagem do terceiro e último curso de 2022 para Monitor Nacional.

A missão mais importante dos Assessores Interamericanos do Brasil é a condução de instruções e avaliações teóricas e práticas em algumas das técnicas de detecção de artefatos explosivos aos militares colombianos que realizam o Curso de Monitor Nacional em Desminagem Humanitária. As atividades dessa etapa do curso foram direcionadas exclusivamente para o entendimento dos princípios e emprego da gestão de qualidade nas operações de desminagem humanitária que empregam a Técnica de Desminagem Manual e a Técnica de Detecção Canina.

A Técnica de Detecção Canina é bastante empregada nas operações de desminagem humanitária na Colômbia. Sua relevância dá-se pela excelência dos treinamentos tanto dos guias quanto dos cães, graças à sua inteligência aguçada, resistência física e precisão na detecção dos explosivos. Para essa capacitação dos alunos, o GATI-CO contou com o apoio dos integrantes do Centro de Treinamento Canino do Exército Nacional da Colômbia.

A Técnica de Desminagem Manual é uma das mais antigas empregadas no mundo e em todas as operações de desminagem na Colômbia. Inicialmente, utiliza-se o detector de metais para localizar a presença da ameaça e, em seguida, realiza-se a escavação manual cuidadosa do solo para identificar a posição exata. Por fim, coloca-se uma carga explosiva dirigida para destruí-la in situ, o que garante a liberação de uma determinada área.

Os oficiais da Engenharia brasileira conduziram as capacitações conforme as exigências estabelecidas pela Organização dos Estados Americanos (OEA). Os alunos demonstraram os conhecimentos adquiridos nas instruções através de avaliações teóricas e práticas que simulavam as ações de detecção de explosivos, que vêm sendo empregadas nas operações de desminagem em território colombiano.

Fonte: Exército Brasileiro


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Translate »