fbpx
Esportes

Autor de pênalti decisivo, Rodinei enaltece campanha do Flamengo na Copa Intelbras do Brasil

Compartilhar

Rubro-Negro empatou com o Corinthians no tempo regulamentar, mas venceu nos pênaltis e garantiu o tetracampeonato da competição.

Nesta quarta-feira (19), no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), diante de pouco mais de 68 mil torcedores, o Flamengo conquistou o tetracampeonato da Copa Intelbras do Brasil. Após empatar em 1 a 1 no tempo regulamentar, com gols de Pedro e Giuliano, o título foi decidido na disputa de pênaltis. Encarregado de bater a sétima e, possivelmente, última cobrança do jogo, Rodinei guardou e saiu para o abraço.

“Essa caminhada até a bola não é fácil (risos). Passa muita coisa pela cabeça. Mas pude converter a cobrança e dar essa alegria à Nação. Nós merecíamos muito essa conquista. Desde o jogo contra o Atlético-MG, no Mineirão, recebemos certa desconfiança. Na volta, no Maraca, fizemos um grande jogo. E conseguimos fazer uma campanha impecável. Não poderíamos sair daqui hoje sem esse título”, disse o lateral-direito à CBF.

Durante o tempo regulamentar, a equipe rubro-negra abriu o placar cedo, aos sete minutos. Após passe de Éverton Ribeiro, Pedro finalizou na saída de Cássio para colocar o Flamengo em vantagem na decisão.

“Acredito que foi um dos gols mais importantes da minha carreira. Marcar em finais é sempre especial. Mas, com certeza, o mais importante foi a conquista. O coletivo sempre vem em primeiro lugar. Muito feliz em poder conquistar esse título com essa camisa”, começou destacando o atacante.

“É uma decisão. Sabíamos que seria um jogo muito complicado, contra uma equipe forte. O segundo tempo foi mais difícil para a gente, mas soubemos sofrer. Nos pênaltis, conseguimos trabalhar bem, merecemos e conseguimos sair vencedores”, completou.

Pedro abriu o placar da decisão

O treinador da equipe, Dorival Junior, assumiu a partir das oitavas de final da competição. Sob seu comando, o time conquistou quatro vitórias, três empates e apenas uma derrota. O comandante rubro-negro venceu o torneio com o Santos, em 2010. Em sua terceira passagem pelo Flamengo, o técnico conquistou seu primeiro título pelo clube.

“Foi uma disputa à altura de um campeonato importante. Duas das melhores equipes do futebol brasileiro brigando por uma competição. Não foi fácil. Pelo que realizamos ao longo do campeonato, talvez tenhamos tido merecimento de sermos campeões, pela forma que encaramos o torneio e disputamos essa final contra um adversário muito qualificado”, analisou Dorival.

Dorival Junior conquistou seu primeiro título pelo Flamengo

Seguro desde que chegou à equipe carioca, o goleiro Santos teve mais uma grande atuação na Copa Intelbras do Brasil. Ele já havia conquistado a competição pelo Athletico-PR, em 2019.

“Muito feliz de iniciar essa trajetória no Flamengo com um título. Esse grupo merece muito. Conseguir colocar nosso nome na história desse clube é fantástico. Sabemos que, independentemente da situação, as penalidades só acabam quando o último perde a cobrança. Agora é comemorar essa conquista, mais uma de Copa do Brasil na minha carreira”, pontuou o arqueiro.

Santos torce por gol rubro-negro nos pênaltis

Com uma lesão multiligamentar no joelho direito, Bruno Henrique não pôde estar na reta final da competição. Ídolo do Flamengo, o camisa 27 comemorou muito o triunfo flamenguista. Ele também destacou a vontade de estar em campo.

“Estou muito feliz de conquistar esse título. Queria estar dentro de campo, jogando… Um dos meus sonhos era conquistar a Copa do Brasil. Faço parte desse grupo, desse elenco maravilhoso e consegui contribuir no início da competição. Agradecer a todos do clube por essa campanha”.

Bruno Henrique precisou passar por cirurgia no joelho direito.

Fonte: CBF


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Translate »