fbpx
Esportes

Atletas do Conexão Santiago se destacam e conquistam 33 medalhas nos Jogos Sul-americanos Assunção 2022

Compartilhar

Criado em junho, programa tem dado suporte especial a cerca de 40 atletas visando os Jogos Pan-americanos Santiago 2023.

Criado pelo COB em junho deste ano, o programa Conexão Santiago já está rendendo frutos ao Time Brasil. Nos Jogos Sul-americanos Assunção 2022, vários atletas que fazem parte do projeto tiveram um ótimo desempenho, com muitas medalhas conquistadas. 

O Brasil foi representado na competição por 23 atletas do Conexão Santiago, em 44 provas. Ao todo, foram 33 medalhas conquistadas, por 18 competidores. Ou seja, apenas cinco deles não subiram ao pódio. 

Os atletas do programa ganharam 17 medalhas de ouro, 12 de prata e quatro de bronze, sendo 22 nas provas femininas, nove nas masculinas e duas na mistas. 

O principal destaque foi a nadadora Stephanie Balduccini, que deixou Assunção com sete ouros e um bronze, sendo a segunda maior medalhista de todo o evento. Ana Carolina Vieira, com dois outros e duas pratas, e Matheus Gonche, com dois ouros e uma prata, também brilharam nas piscinas e fecharam o “pódio” do Conexão Santiago em Assunção.

04.10.2022 – Jogos Sul-americanos Assunção 2022 – Natação – 100m borboleta masculino – Na foto o atleta Matheus Gonche. Foto: Miriam Jeske/COB

Kenji Saito, diretor de Desenvolvimento Esportivo do COB, falou sobre a importância do programa e se mostrou satisfeito com os resultados obtidos. 

“Temos vários programas na área de Desenvolvimento visando os jovens, como o Conexão Santiago, que é um projeto esportivo específico de acompanhamento e monitoramento dos jovens atletas. Desses programas, saem atletas de muita capacidade técnica e um nível competitivo muito elevado. As medalhas que eles conquistaram são prova disso”, disse.

“Naturalmente eles fazem parte do Time Brasil na categoria adulta, como aconteceu em Assunção. Os Jogos Sul-americanos foram um caminho para eles atingirem a alta performance. Os próximos passos são eventos de nível maior, sempre pensando em Pan-americano e Jogos Olímpicos, que são os principais eventos que vêm pela frente”, explicou. 

O diretor também valorizou a renovação que vem sendo realizada no esporte olímpico brasileiro com o apoio do COB. 

“Tivemos um número muito grande de atletas jovens aqui em Assunção, mostra que estamos fazendo uma renovação importante, em parceria com as confederações. A juventude vem forte e o COB está contribuindo muito para isso. Dentro do COB a gente pensa de forma muito integrada, nossos programas e projetos estão sempre conectados uns nos outros”, completou. 

O Conexão Santiago é um programa criado pelo COB para dar suporte especial a cerca de 40 atletas, de 15 a 24 anos, que serão monitorados visando o desempenho nos Jogos Pan-americanos Santiago 2023.

Fonte: COB


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Translate »