fbpx
Esportes

Hamilton diz que “foi incrível” liderar o GP dos EUA enquanto a espera pela vitória continua

Compartilhar

Lewis Hamilton conquistou um pódio sensacional e liderou nove voltas a caminho do sétimo pódio da temporada no Circuito das Américas.

A Mercedes ainda pode estar buscando sua primeira vitória da temporada, mas, no Texas, eles superaram a Ferrari para diminuir a diferença na classificação dos construtores para 53 pontos. Hamilton largou na segunda fila para o Grande Prêmio dos Estados Unidos depois que Charles Leclerc e Sergio Perez foram rebaixados com penalidades no grid.

“Quero dizer, estou arrasado”, disse Hamilton depois de terminar em segundo. “O carro estava um punhado hoje. Foi incrível, em primeiro lugar, estar na liderança. Isso é algo em que trabalhamos duro como equipe ao longo do ano e senti muita esperança, mas está tudo bem”.

“Vamos manter isso, continuaremos pressionando e tentaremos dar tudo o que temos nos próximos três [Grands Prix]. Chegará a nós em algum momento”.

1435961304
Verstappen retomou a liderança de Hamilton depois que um pit stop lento prejudicou o atual campeão

O heptacampeão terminou em segundo no Texas depois que o pole position Carlos Sainz se retirou na primeira volta. Hamilton assumiu a liderança depois de superar Max Verstappen, que teve um segundo pit stop lento, mas o piloto da Mercedes logo foi ultrapassado pelo piloto da Red Bull – que venceu a corrida enquanto sua equipe garantiu o campeonato de construtores.

“Muito obrigado à multidão aqui, temos uma multidão incrível”, disse Hamilton. “Esta é a maior multidão que tivemos aqui em todo o tempo que estivemos aqui. Em segundo lugar, quero dar um grande abraço à minha equipe. Viemos aqui com upgrades, fechamos um pouco a diferença”.

“Estávamos tão, tão perto, fiz tudo o que pude para tentar ficar à frente [de Verstappen], mas eles foram um pouco rápidos demais hoje. Mas ótima estratégia, ótima corrida da Red Bull e novamente minhas condolências à equipe”, disse ele, após o falecimento do cofundador da Red Bull, Dietrich Mateschitz.

Tendo sofrido uma penalidade de cinco segundos por contato com Sainz na largada, o companheiro de equipe de Hamilton, George Russell, terminou em quinto nos Estados Unidos.

Fonte: Fórmula 1


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Translate »