fbpx
News

Parceria Embrapa, Exército e Senar/RS treinam soldados para operar drones

Compartilhar

Coordenação técnica da ETB participou do ensaio prático com os equipamentos.

Encerrou neste dia 21 de outubro, o curso Operação básica de drones voltado aos soldados do 9º BIMTz de Pelotas, dentro da parceria entre Embrapa, Exército Brasileiro e Senar/RS. A atividade foi realizada nos campos experimentais da Estação Experimental Terras Baixas (ETB). Esta é a terceira capacitação recebida neste ano,  já tendo sido realizado os treinamentos em Operacionalização de máquinas e implementos agrícolas e Manejo e produção de frutíferas ( frutas de caroço e citros de mesa) e hortícolas.  

Desde julho a parceria entre as instituições vem se consolidando para  oferecimento de cursos aos recrutas do Exército, especialmente promovendo uma nova visão para os militares temporários, tendo ou não origem no campo, para que ao sair do período obrigatório de serviço militar possam ter  oportunidades no mercado de trabalho.

O curso oferecido nesta etapa, teve 14 horas/aula, com aulas teóricas on-line e aulas práticas individuais para um grupo de dez soldados. O conteúdo incluiu elaboração de planos de voos com uso de processamento de dados automatizados, mapeamento, conhecimentos básicos de operacionalização dos equipamentos, legislação e segurança no uso de drones, tipificação e potencial de uso dos diferentes drones. Os equipamentos do Senar foram utilizados pela turma para aprendizagem, além de incluir um equipamento do Exército. O curso foi ministrado pelo instrutor do Senar, Vanderlei Prezotto, que veio de Santo Augusto/RS, contando com a monitoria de Janice Ferreira da Silveira.

“Nenhum aluno tinha experiência com drone e o aproveitamento da turma foi 100%, todos saem sabendo realizar os planos de voos nos três modelos que temos como objetivo do curso”, explicou Prezotto. Segundo ele, a agenda para este tema de treinamento está praticamente fechada para 2023, sendo recorrente a oferta para instituições ligadas às Forças Armadas do Brasil. 
  
O cabo diz que não tinham uma ‘Escola’ para utilizar o drone do Exército e utilizavam o equipamento mais para eventos da instituição. “Nós não utilizavámos todo o potencial de uso do drone que possuímos”, falou. Conforme ele, o grupo que participou do treinamento ficará responsável de multiplicar o conhecimento recebido para os demais soldados que não tiveram oportunidade de realizar neste momento. 

“Quando concluir meu tempo no Exército, talvez curse Engenharia Civil na universidade e este treinamento em drone, ao construir uma estrutura complexa e de porte grande, inclusive com alturas superiores às construções convencionais, eu poderia realizar todos os acompanhamentos da obra com o uso deste equipamento”, idealizou o soldado Rafael Souza. 

Parte das aulas práticas foi acompanhada pelo coordenador técnico da ETB, André Andres. O Curso aconteceu entre os dias 13 a 21 de outubro. Todos os alunos receberam certificados de conclusão do curso pelo Senar/RS.

Fonte: Embrapa


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Translate »