fbpx
News

Aracaju: Escolas destaques no Ideb mantêm estratégias de fortalecimento da aprendizagem

Compartilhar

Em Aracaju, as Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emef) Ágape, Oscar Nascimento, Bebé Tiúba, Anísio Teixeira e Dr. Carvalho Neto estão entre as que mais se destacaram no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2021. Todas essas possuem outro ponto em comum: o fortalecimento do trabalho pedagógico no dia a dia escolar.

 A capital sergipana alcançou a média 5,0 nos anos iniciais do ensino fundamental (1° ao 5°), e 4,4 nos anos finais (6º ao 9º). A Emef Ágape, localizada no bairro Siqueira Campos, foi a que atingiu a maior pontuação, com nota 6,0. A diretora da escola, Deisevania dos Santos, afirma que a conquista se deve aos esforços realizados desde os primeiros anos do Ensino Fundamental.

“Intensificamos o trabalho da alfabetização já no 1º ano, para que o aluno não vá para as séries seguintes sem ter uma boa aprendizagem em relação à leitura, principalmente, mas também na interpretação e na matemática, por exemplo. Dados como esses são consequência desse esforço. Fazemos simulados e incentivamos a leitura entre os estudantes, os estimulando a levar livros para casa e abordando o conteúdo em sala de aula”, ressalta a diretora.

Professora do 5º ano na Emef, Valmira Andrade pontua que tem trabalhado para que os alunos tenham o melhor desempenho possível no aprendizado em sala de aula e estejam preparados para grandes provas. “Entre as atividades do dia a dia, também realizamos simulados para que eles entendam como é o sistema de avaliações como o Ideb, Prova Brasil e até mesmo o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Com os resultados, voltamos aos conteúdos para revisar aquilo em que eles tiveram mais dificuldades. Nosso sonho é alcançarmos notas cada vez melhores. Estamos trabalhando para isso”, expressa. 

A realização de simulados e o incentivo à leitura também são estratégias empenhadas pela Emef Oscar Nascimento, do bairro Santo Antônio, que conquistou 5,8 no Ideb. 

“Desenvolvemos projetos focados na leitura, letramento e alfabetização. Também passamos simulados para os 2º e 5º anos, pois identificamos que muitas crianças tinham ciência do que deveriam responder nas provas, mas não tinham o treinamento necessário de como, por exemplo, preencher um gabarito. Foi uma ação simples, que já influenciou bastante nos resultados”, explica a coordenadora pedagógica da unidade de ensino, Hellen Rejane Sacramento.

A Emef Bebé Tiúba pontuou 5,7. Ela tem investido em recursos para potencializar o uso dos livros didáticos e conteúdos passados pelas professoras. A unidade de ensino, que já trabalhava com lousas digitais fornecidas pela Semed e com notebooks adquiridos através do programa Professores On, utilizou verbas da Bonificação de Gestão para a aquisição de TV’s, o que torna a metodologia de ensino mais atrativa para os estudantes.

“Estudo aqui desde pequena e minhas notas são sempre muito altas. Já sei ler textos bem e faço atividades de casa sozinha. Essa escola é maravilhosa”, relata a aluna do 4º ano da Emef Bebé Tiúba, Aylla Beatriz Teles. 

Seu colega de turma, Arthur França, conta como foi fazer a prova Saeb. 

“Lembro bem da avaliação, achei fácil e me saí bem. Já estudo aqui há alguns anos e conheço bem essa unidade de ensino. É um lugar que se preocupa muito com a gente e a diretora, Auridete Santana, nos incentiva muito a aprender”, descreve Arthur. 

Fonte: Prefeitura de Aracaju


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Translate »