fbpx
News

Angola e Moçambique analisam reformas institucionais na UA

Compartilhar

Angola e Moçambique analisaram o processo de reformas institucionais em curso na União Africana (UA), durante um encontro em Adis Abeba, na Etiópia, soube a ANGOP esta segunda-feira.

No encontro juntou os embaixadores na Etiópia e representantes permanenentes junto da UA, Francisco da Cruz (Angola) e Alfredo Nuvunga.(Moçambique).

Durante a reunião, os dois diplomatas abordaram, também, a inserção de quadros dos dois países nas estruturas da organização continental,

No centro do encontro esteve, igualmente, 
a 27.ª Conferência dos Estados-parte da Convenção Quadro da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP 27).

Trata-se de um evento a decorrer de 6 a 18 de Novembro deste ano, em Sharm el Sheik, Egipto, com o objectivo de preparar o caminho que permita a comunidade internacional enfrentar o desafio global das mudanças climáticas. 
Na ocasião, os embaixadores Francisco da Cruz e Alfredo Nuvunga realçaram a importância estratégica do papel dos Campeões da União Africana.

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, é o Campeão da União Africana para Gestão do Risco de Desastres Naturais.

Por seu lado, o Presidente de Angola, João Lourenço, é o Campeão da UA para a Paz e Reconciliação. 

Fonte: ANGOP


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Translate »