fbpx
News

Aracaju recebe o 8º Congresso Norte/Nordeste de Secretarias Municipais de Saúde

Compartilhar

Aracaju sediará, de 3 a 5 de novembro, o 8º Congresso Norte/Nordeste de Secretarias Municipais de Saúde, onde serão discutidas as perspectivas de políticas de saúde para as cidades. A capital foi escolhida após campanha realizada pela Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Turismo (Semict), apontando as belezas da cidade, assim como a infraestrutura necessária para receber adequadamente os mais de dois mil gestores que participarão do evento. 

A oitava edição do Congresso acontecerá no Centro de Convenções, no bairro Inácio Barbosa, e a ideia é o compartilhamento de experiências exitosas entre os municípios e avaliações de cenários para garantir os avanços das redes municipais no que diz respeito à saúde pública. 

“A nossa expectativa é que tenhamos um rico debate. É um congresso para falar sobre vários temas de saúde que têm sido discutidos no país, desde a política de atenção primária à política do Previne Brasil, que traz uma ideia de atingimento de indicadores de saúde básicos, mas que são necessários para que a gente possa mudar a realidade de saúde do país, para que se consiga enfrentar essa transição demográfica e epidemiológica que tem acontecido. Serão discutidos também indicadores citopatológicos, de consultas em gestantes, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida das pessoas a longo prazo, diminuir a mortalidade infantil e materna”, aponta a secretária municipal da Saúde, Waneska Barboza.  

Aracaju estava concorrendo com Palmas, capital do Tocantins, para sediar o evento, e acabou sendo escolhida por unanimidade entre os representantes de estados e capitais nordestinos. Para tanto, a comitiva local apresentou as características do município, em um material audiovisual, o que foi determinante. 

“Levamos um vídeo que mostra as belezas da nossa cidade, que fala da culinária, do quanto a cidade está limpa e bonita, e isso interessou bastante ao público presente, e Aracaju foi, por unanimidade, a escolha. Todo mundo está querendo vir para a nossa cidade, participar do congresso, conhecer um pouco mais. Isso, certamente, vai trazer recursos, desenvolvimento e propaganda”, explica a gestora. 

O evento acontecerá após um feriado nacional e na véspera de uma festa pré-carnavalesca, de maneira que toda a cadeia produtiva ligada ao turismo e ao lazer se beneficiam desse fluxo de pessoas na cidade, como ressalta o secretário municipal da Indústria, Comércio e Turismo, Jorge Fraga. 

“Receber o Congresso traz muita alegria por diversos aspectos. Primeiro, vão ser discutidos temas importantes para a gestão pública de saúde. Depois, é muito bom poder receber esses mais dois mil congressistas em Aracaju porque vai nos trazer dividendos e impostos que serão revertidos à municipalidade. Um evento desta grandeza é benéfico para o turismo na cidade, a rede hoteleira fica cheia, criam-se empregos e gera-se renda. Além disso, os participantes levarão para fora a imagem de Aracaju, nossos pontos turísticos, sendo fonte de divulgação”, acrescenta Fraga. 

Fonte: Prefeitura de Aracaju


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Translate »