fbpx
News

Programa Mais Calcário entregou mais de 9 mil toneladas aos produtores rondonienses em 2022

Compartilhar

Somente em 2022, com o Programa Mais Calcário, a Seagri entregou 9.071 beneficiando 256 produtores em 30 municípios rondonienses.

O agronegócio não para, independente do período eleitoral, quem trabalha no campo sabe que o alimento na mesa do brasileiro depende da força do agro, do trabalho e do comprometimento. Ciente disso, e reforçado por essa vocação do Estado, o Governo de Rondônia por meio da Secretaria de Estado da Agricultura – Seagri, continuou avançando na execução de vários programas de incentivo ao desenvolvimento do setor.

“Foram diversas as ações desenvolvidas direta e indiretamente pelo Estado que beneficiaram toda a cadeia produtiva do agronegócio e, consequentemente, resultaram no reforço da nossa economia local”, ressaltou o governador Marcos Rocha, com orgulho reconhecendo a importância do setor que bateu vários recordes.

A exemplo do que vinha acontecendo nos últimos três anos e meio, o agronegócio não parou nem durante o período eleitoral. De acordo com o secretário de agricultura, Janderson Dalazen, somente em 2022, com o Programa Mais Calcário, a Seagri entregou 9.071 toneladas beneficiando 256 produtores, em 30 municípios rondonienses. “Esse programa foi criado com recursos do Fundo de Investimentos e Apoio ao Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira de Rondônia – Proleite, para fortalecer a cadeia produtiva do leite. Atendemos os produtores que têm dificuldades com o transporte do produto, que pelo Programa é gratuito, feito pelo Governo do Estado, da usina até a sede de cada município ou distrito que possua trafegabilidade para os caminhões bitrem que transportam o fertilizante”, explicou o secretário.

Um dos produtores beneficiados foi Oziel Sebastião de Moraes, que trabalha com pecuária leiteira no município de Vilhena. “Para nós, pequenos produtores, a dificuldade não é comprar calcário, mas trazer eles da usina até a propriedade, por causa do valor do frete. E essa ajuda que o Governo tem nos dado de transportar gratuitamente é boa demais. Esse calcário melhorou bastante o pasto, pois corrige a acidez do solo para receber adubagem. Quando o Governo começou a dar assistência para nós em relação ao calcário, conseguíamos manter uma base de 14 cabeças, e hoje estou com 28 cabeças com o melhoramento do pasto’’, reconheceu o produtor.

IMPORTÂNCIA DO CALCÁRIO

Rondônia possui duas usinas de calcário, localizadas nos municípios de Parecis e Espigão do Oeste. Cada produtor pode escolher a usina para comprar até 35 toneladas de calcário. A aplicação de calcário (calagem) atua na acidez do solo e no fornecimento de nutrientes, como cálcio e magnésio para as plantas. Assim, a prática elimina a acidez, aumentando a Capacidade de Troca de Cátions – CTC e melhora o aproveitamento de nutrientes pelas plantas.

Fonte: Governo de Rondônia


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Translate »