fbpx
News

Filmes que não erraram ao projetar o futuro

Compartilhar

O cinema é uma arte capaz de fazer com que o público sinta uma série de sentimentos diferentes: alegria, tristeza, esperança, amor e ódio, entre tantas outras. Mas, além de fisgar a audiência pelos sentimentos, existem alguns filmes que também se destacam por analisar a humanidade e, assim, tentar prever como será o futuro.

Ao longo da história, algumas produções conseguiram fazer uma previsão acertada de como seria o futuro, seja apresentando produtos de tecnologia que se assemelham aos que existem hoje ou apontando comportamentos da sociedade. Conheça alguns desses filmes e suas previsões abaixo.

Viagem à Lua (1902)

Ainda nos primeiros anos do cinema, o cineasta George Méliès contou a história de um grupo de astrônomos que embarcam em uma missão rumo à Lua. Na produção, os foguetes que levam os humanos até o satélite da Terra lembram um pouco os foguetes utilizados pela NASA na missão que levou o homem à Lua em 1969.

Hoje pode parecer algo simples, mas a obra mostra o desejo que o ser humano tinha de visitar a Lua desde o início do século XX. Mesmo assim, a previsão de Méliès demorou quase 70 anos para se tornar verdade.

Blade Runner (1982)

Um verdadeiro clássico do gênero de ficção científica, o longa estrelado por Harrison Ford acontece na cidade de Los Angeles no ano de 2019. Na trama, o agente de elite Rick Deckard (Ford) deve caçar um grupo de replicantes, que são robôs com inteligência equiparada à dos seres humanos, além de serem mais fortes e ágeis.

Na realidade, os replicantes não existem (ao menos, não por enquanto), mas o filme conseguiu acertar outros aspectos do futuro. Um deles foi a presença dos gigantes outdoors com imagens que se movimentam, um aspecto que hoje faz parte da paisagem das grandes cidades do mundo todo.

O Exterminador do Futuro (1984)

Outra referência do gênero acompanha a jornada de Arnold Schwarzenegger, um robô do ano 2029 enviado para 1984 para matar uma mulher chamada Sarah Connor (Linda Hamilton). O objetivo era impedir o nascimento do seu filho, que se tornaria o líder da luta dos humanos contra as máquinas.

Na produção, são apresentados os veículos voadores autônomos, que são utilizados pelas máquinas para transportar os robôs até os locais de conflito. Hoje, esses veículos são conhecidos como drones, que já são utilizados pelas forças militares desde meados da década de 90, encontrados em diferentes tamanhos e utilizados também por civis.

Gattaca (1997)

A trama do filme mostra um futuro no qual os seres humanos são criados geneticamente. Com isso, os indivíduos nascidos biologicamente são considerados “inválidos”, como é o caso de Vincent Freeman (Ethan Hawke). Ele consegue um lugar de destaque dentro de uma corporação, mas deve tomar cuidado para esconder o seu passado.

Um dos pontos que a produção acertou foi a da realização de um teste de DNA capaz de verificar os riscos genéticos existentes à saúde da pessoa. Atualmente, métodos como o do mapeamento genético são uma realidade cada vez mais acessível para a sociedade.

O Show de Truman (1998)

Protagonizado por Jim Carrey, a obra acompanha a história de um vendedor de seguros anônimos que se torna a estrela de um programa de TV 24 horas. Com isso, a audiência acompanhava sua rotina durante todo o dia, seguindo os seus gostos, hábitos e manias, conhecendo tudo sobre a vida dele.

A produção foi lançada antes da popularização de reality shows com anônimos, um tipo de programa que se tornou fenômeno mundial e que hoje conta com diversos tipos.

Minority Report (2002)

Dirigido por Steven Spielberg e estrelado por Tom Cruise, essa obra de ficção científica mostra o planeta Terra no ano de 2054. No filme, há uma tecnologia que consegue prever a ação de assassinos antes mesmo do crime ocorrer, o que colaborou para a redução da taxa de assassinatos a zero.

Uma das tecnologias que o filme mostra são as telas (ecrãs) táteis, nas quais os personagens disponibilizam as informações e as manipulam, ampliando imagens, por exemplo. Hoje, as telas táteis fazem parte do dia a dia das pessoas, presentes em smartphones e tablets.

Print Friendly, PDF & Email

Vanessa Fagundes

Assessora responsável pelo blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.
Botão Voltar ao topo
Translate »