fbpx
Esportes

“Acho que fizemos um trabalho perfeito”, diz Norris

Compartilhar

Lando Norris acredita que ele e a McLaren acertaram tudo ao garantir o quarto lugar no grid para o F1 Sprint em São Paulo, aproveitando ao máximo as condições climáticas complicadas e mutáveis.

Norris entrou na pista de Interlagos na sexta-feira depois de sofrer uma suspeita de intoxicação alimentar e, apesar de ainda sentir os efeitos, foi uma das estrelas da qualificação a caminho da segunda fila.

Dando uma atualização sobre sua condição após o desempenho de alto vôo, Norris disse: “Mais ou menos. Estou mais feliz agora do que eu era, apenas por causa de como hoje foi. Ainda estou me sentindo muito duro, provavelmente também não soo muito bem, mas estou muito melhor”.

“Ontem eu sofri muito. Eu realmente não achava que estaria pilotando hoje, então estou bem, bom o suficiente para pilotar e sair e fazer algumas boas voltas, o que fiz hoje”.

Quanto ao desenrolar da sessão, acrescentou: “Acho que hoje fizemos um trabalho perfeito do lado da equipe, do meu lado. Acho que não poderíamos ter feito nada muito melhor do que fizemos: P1 no Q1, P2 no Q2 e até P4 no final”.

“Saímos por último, o que talvez não tenha sido uma decisão perfeita no final do dia, mas tiramos muitos outros riscos ao fazê-lo e ainda fui P4, mesmo com a pista mais molhada, então estou realmente feliz”.

Com Norris na P4 e o piloto da Haas, Kevin Magnussen, na pole position, causando transtornos na qualificação, o britânico espera que os pilotos habituais se destaquem no fim de semana, mas ele estava orgulhoso de seus esforços.

“Acho que as coisas vão se equilibrar um pouco. Você verá os Red Bulls voltando, verá a Ferrari voltando um pouco, a Mercedes também, então acho que as coisas voltarão lentamente ao normal”, comentou Norris.

“Talvez não apenas amanhã – acho que a maioria das pessoas pode manter posições amanhã, mas até domingo, você verá isso. Acho que hoje as condições dão aos pilotos uma chance melhor de fazer coisas boas; não é tudo sobre o carro em um dia como hoje, e sinto que provei isso, e sinto que K-Mag [Magnussen] provou exatamente isso hoje”.

O companheiro de equipe de Norris, Daniel Ricciardo, teve que se contentar com o P14 na outra McLaren, tendo sido nocauteado no Q2 após cometer um erro na curva 1 em sua última volta e abandonar o esforço.

Fonte: Fórmula 1


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Translate »