fbpx
News

Área rural do DF será monitorada por câmeras e centrais remotas

Compartilhar

Trabalho de videomonitoramento será ampliado e cuidará de regiões rurais e cidades ainda não atendidas pelo governo.

A área rural do Distrito Federal será monitorada por meio de centrais remotas e câmeras. A medida, que é um dos compromissos do plano de governo de Ibaneis Rocha, está sendo tocada pela comissão de transição no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB).

Durante a primeira gestão do governador, o número de câmeras de videomonitoramento saltou de 584 para mais de mil, espalhadas por todo o DF. O foco agora é chegar nas cidades ainda não atendidas, ampliar nas regiões administrativas onde o serviço já existe e também levá-lo a áreas rurais consideradas importantes polos econômicos para o DF.

O secretário de Segurança Pública, Júlio Danilo, diz: “Nós temos a continuidade de diversas ações de prestação de serviço à comunidade, entre elas a Cidade da Segurança Pública e a Área de Segurança Prioritária” | Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

“O plano de videomonitoramento vai estar integrado com o trabalho do Batalhão Rural da Polícia Militar, que já tem um programa fantástico chamado Guardião Rural. Aliado a isso, nós vamos inserir o programa de videomonitoramento rural, que prevê não só a instalação de câmeras, mas também a de centrais remotas de monitoramento”, explica o secretário de Segurança Pública, Júlio Danilo.

A secretaria dispõe dos recursos para instalação das câmeras, que também já foram adquiridas. No momento, a pasta trabalha no contrato de instalação dos equipamentos.

Continuidade

O trabalho de planejamento no CICB também serve para as pastas definirem o que será mantido em um segundo mandato. No caso da segurança, diversos programas que atendem a comunidade vão ser perpetuados.

“Nós temos a continuidade de diversas ações de prestação de serviço à comunidade, entre elas a Cidade da Segurança Pública e a Área de Segurança Prioritária. O programa Mulher Mais Segura também deve ser ampliado”, acrescenta Júlio Danilo.

Fonte: Agência Brasília


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Translate »