fbpx
Esportes

Magnussen satisfeito com P8 na Sprint e São Paulo

Compartilhar

Kevin Magnussen conquistou sua primeira pole na Fórmula 1 na sexta-feira – e embora não tenha conseguido manter a posição na Sprint de sábado em São Paulo, o dinamarquês e seu chefe de equipe Guenther Steiner ficaram mais do que felizes em terminar em P8 – conquistando o último ponto na Sprint.

Largando do P1, Magnussen liderou as duas primeiras voltas da Sprint, mas foi rapidamente ultrapassado pelos pilotos da Red Bull, Ferrari e Mercedes, deixando-o em sétimo na volta 15 de 24.

O piloto da Haas então tentou se defender do desafio da McLaren de Lando Norris antes que o britânico o ultrapassasse na volta 19, deixando-o para voltar para casa em P8. E falando após o Sprint, Magnussen refletiu sobre o que ele disse ter sido um “fim de semana muito bom” até agora.

“Sempre seria irrealista manter esses caras para trás e eu não queria tentar”, disse Magnussen. “Sabia que a batalha ia ser em torno de P7, P8, o que acabou dando certo, e não queria perder tempo com a ultrapassagem. E também, eu cuidaria dos meus pneus, etc”.

“Uma fase um pouco chata da corrida – é claro que gostei de sair na linha e liderar as primeiras voltas, mas sabia que isso aconteceria depois disso, que esses carros chegariam à frente. Muito feliz por conseguir um ponto, sabe, ainda não consigo acreditar no que aconteceu ontem, e você sabe, consegui um ponto hoje, então, até agora, foi um bom fim de semana”.

Do jeito que as coisas estão, Magnussen se alinhará em P8 no grid, ao lado de Sebastian Vettel na quarta fila. Quando questionado sobre o que pode esperar da corrida de amanhã, Magnussen disse: “Não sei, o Seb foi mais rápido do que eu, claro, mas não sei”.

“Vou ter que ver como foi todo o stint dele, porque obviamente estava sendo muito ultrapassado nesta corrida e isso só prejudica a degradação dos pneus, mas amanhã esperamos estar em uma posição melhor para ficar onde estamos e apenas gerencie os pneus e espero que possamos ficar onde estamos”.

GettyImages-1441024141.jpg
Magnussen liderou na largada, mas lutou para manter os carros mais rápidos atrás dele durante o Sprint

O chefe de equipe da Haas, Steiner, ficou satisfeito com o resultado do dia ao elogiar o trabalho de Magnussen e seu companheiro de equipe Mick Schumacher – que subiu para 12º depois de começar o Sprint em 20º.

“Eu estou feliz. Eu disse que se tivéssemos pontos, ficaria feliz”, disse Steiner. “Você sabe, estávamos brigando um pouco com Norris, mas é melhor ter um [ponto] do que nada. Então, acho que Kevin fez um bom trabalho e Mick também se colocou em um bom lugar amanhã desde o início, do 20º ao 12º, nada mal”.

“Devemos largar em sétimo e 12º amanhã, então temos outra chance amanhã… [Kevin] estava bem no controle. Apenas correu sua corrida, tentando conseguir alguns pontos porque precisamos deles com urgência. É bom porque temos um ponto a mais do que algumas horas atrás”.

Fonte: Fórmula 1


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Translate »