fbpx
News

Cabo Verde: Ministro do Mar preside cerimónia de juramento à Bandeira Nacional

Compartilhar

Enaltecendo a importância do serviço militar para um Estado soberano, o Ministro sublinhou que sem o treinamento militar não será possível aumentar o número de militares rapidamente e na quantidade necessária, para que em situações de crise o país possa responder garantindo a segurança do país.

O Ministro do Mar, Abraão Vicente, em representação de Ministra da Defesa, Janine Lélis, e do Governo de Cabo Verde, presidiu na manhã deste domingo, 13 de novembro, a cerimónia de ratificação do Juramento à Bandeira Nacional que teve lugar no Centro de Instrução Militar, no Morro Branco, em São Vicente.

“Hoje com orgulho estes 405 jovens juraram amor e devoção à pátria e ao seu povo. A passagem desses jovens pelas fileiras, tem permitido, não só a receção do treino militar, destreza e condição física, mas também uma importante educação para o futuro. Nesta escola de cidadania, que as forças armadas também configuram, os nossos jovens têm criado hábitos de disciplina, obediência e aprendido a valorizar os símbolos nacionais, fundamental para o reforço da identidade da nossa Nação”, exortou o Ministro.

O Governante recordou as oportunidades que as Forças Armadas representam tanto ao nível de formação como a nível do emprego. “Em 2022, no âmbito do programa soldado cidadão já foram beneficiados 15 militares com carta de condução nas categorias B, C, F, 15 com curso de refrigeração e 15 com o curso de cozinha”.

Para além dos cursos, no âmbito do referido programa, têm beneficiado de cursos que dão acesso aos quadros permanentes, em resultado da cooperação com vários países amigos. Exemplificando, o Ministro do Mar, apontou os cursos de mestrado em ciências militares disponibilizados por Portugal, nos diversos ramos e especialidades, bem como curso em ciências militares concedidos por Angola, Brasil, China e Moçambique nas áreas de medicina, engenharia, informações militares, fuzileiros, pilotagem, marinha.

Enaltecendo a importância do serviço militar para um Estado soberano, o Ministro sublinhou que sem o treinamento militar não será possível aumentar o número de militares rapidamente e na quantidade necessária, para que em situações de crise o país possa responder garantindo a segurança do país.

“Logo, são esses soldados que após as suas passagens à disponibilidade irão contribuir para o desenvolvimento deste país. É com consciência da importância do vosso trabalho, que não poderia deixar de dirigir a minha palavra de apreço pelo vosso labor, sendo que muitas vezes, mesmo com sacrifícios dos interesses pessoais, demonstraram sempre um elevado espírito de missão, dedicação, abnegação, de sacrífico e entrega a uma causa maior”.

Governo de Cabo Verde, afiançou o Ministro, reconhece o contributo que as Forças Armadas de Cabo Verde dão a este país, e é por isso que pretendemos continuar a trabalhar na sua modernização, através da revisão do sistema de justiça militar, do serviço de saúde militar, revisão do programa do soldado cidadão, no reforço da base de instrução militar dos recrutas.

O Governante recordou que o Governo de Cabo Verde assinou no passado dia 26 de outubro, com a CEDEAO , um acordo Sede relativo ao centro multinacional de coordenação marítima da Zona G. “Tudo isto, para além de dar seguimento ao cumprimento daquilo que está estabelecido no novo estatuto dos militares, para dignificar cada vez mais as forças armadas. Temos a consciência que muito ainda há por fazer, mas se cada um de nós dermos o nosso melhor, teremos um país muito melhor”

Dos 405 jovens que prestaram juramento à Bandeira Nacional, 45 vão para a especialidade de fuzileiros navais, 344 para especialidade de polícia militar. De entre estes que vão para polícia militar 12 terão valência de transmissões, 10 em socorrismo de combate e 17 na especialidade marinha.

A cerimónia contou com demonstrações dos ensinamentos que os recéns jurados têm aprendido no centro de instruções do Morro Branco.

Fonte: Governo de Cabo Verde


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Translate »