fbpx
News

Bélgica elogia esforços da diplomacia de paz de Angola

Compartilhar

As autoridades do Reino da Bélgica manifestaram, nesta quinta-feira, a sua satisfação pelos esforços desenvolvidos por Angola no sentido de garantir a paz e estabilidade na região dos Grandes Lagos.

Este facto foi tornado público pelo embaixador do Reino da Bélgica em Angola, Jozef Smets, quando falava à imprensa, no final de uma audiência concedida pela Vice-Presidente da República de Angola, Esperança da Costa, tendo acrescentado que este foi um dos aspestos dominantes da mesma.

“Ficamos em Bruxelas muito impressionados pelos esforços de Angola para garantir e melhorar o clima de paz na região dos Grandes Lagos”, disse o embaixador Jozef Smets.

De igual modo, referiu o diplomata, a ocasião serviu para abordar assuntos ligados ao ambiente, uma vez que a Vice-Presidente da República de Angola regressou recentemente de Sharm El-Sheik (Egipto), onde decorre a COP27.

“Estamos numa lógica de contactos reforçados neste campo, que têm a ver com as mudanças climáticas e ambientais, porque, já à margem da COP 26, que teve lugar em Glasgow (Escócia), o Primeiro-Ministro belga encontrou-se com o Presidente da República de Angola, João Lourenço”, recordou.

Neste sentido, frisou, “continuámos o diálogo e falámos da possibilidade de lançar iniciativas bilaterais nesta área”.

Também neste domínio, salientou o facto de a Vice-Presidente ter abordado a questão da seca no Sul do país, onde destacou o facto de a Bélgica ter apoiado as iniciativas para o combate às pragas de gafanhotos que assolavam a região.

Para o incremento da cooperação, o  embaixador Jozef Smets destacou o convite ao Jardim Botânico que se encontra em Bruxelas (Bélgica) para que possa  estabelecer uma parceria com a Universidade Agostinho Neto, bem como realçou a necessidade do fortalecimento da cooperação no domínio universitário entre os dois países.

Com este propósito, explicou  que está previsto para o início do ano de 2023 a vinda a Angola de uma delegação da Universidade de Liege a Angola.

As relações político-diplomáticas entre Angola e o Reino da Bélgica iniciaram em 1979. Desde então, foram rubricados acordos, memorandos e contratos empresariais.

Entre os diplomas rubricados, destaca-se o Acordo de Cooperação Económica, Científica e Cultural, a 26 de Abril de 1983, que definiu o quadro jurídico regulamentador da cooperação bilateral e instituiu a Comissão Mista, e o Acordo-Geral de Cooperação de 26 de Julho de 1983.

Fonte: ANGOP


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Translate »