fbpx
News

DF: Quer adotar um animal de estimação? Saiba como

Compartilhar

Em 2022, 18 cães e 31 gatos abrigados pela Dival foram adotados; horário de visitação para interessados é das 11h às 16h, de segunda a sexta-feira.

Diariamente, uma sorte de animais simpáticos aguarda por um tutor ou tutora que os adote e leve para um novo lar. Até a chegada desse momento, eles ficam abrigados na Diretoria de Vigilância Ambiental do Distrito Federal (Dival), no Noroeste, e passam por uma série de protocolos, como acolhimento, avaliação médica, exames e vacinação. Uma rotina importante para que saiam de lá saudáveis e tenham uma vida digna.

Em 2022, 18 cães e 31 gatos foram adotados. No ano passado, esse número foi de 123 cães e 90 gatos. A adoção está disponível na Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival), no Setor de Áreas Isoladas Norte (Sain), Lote 4, Estrada do Contorno Bosque, Noroeste. O horário de visitação é das 11h às 16h, de segunda a sexta-feira. Hoje, estão disponíveis para adoção sete cachorros e oito gatos.

Oito gatos estão disponíveis na Diretoria de Vigilância Ambiental para adoção

O recolhimento dos animais não ocorre por acaso e em qualquer caso. Vão para a Dival cães e gatos por ação de órgãos fiscalizadores, por decisão judicial em casos comprovados de maus-tratos, falecimento do tutor ou interdição do espaço onde eles se encontravam e também em casos de suspeita de risco à saúde pública. Afinal, o objetivo do órgão é evitar a transmissão de doenças de animais aos humanos.

“A Gerência de Vigilância Ambiental de Zoonoses atua na vigilância, prevenção, profilaxia, controle e monitoramento de zoonoses de grande importância em saúde pública”, explica o médico veterinário e gerente substituto da Gerência de Vigilância Ambiental de Zoonoses, Laurício Monteiro.

Após serem acolhidos, os animais são observados para checar sintomas de raiva e examinados contra doenças. Quando não há identificação de enfermidade, recebem a vacina antirrábica e controle de vermes e carrapatos.

Vencidas as etapas de recolhimento, acolhimento, avaliação médica veterinária, exames e vacinação, os bichinhos são encaminhados para adoção. Para quem deseja adotar, basta ser maior de 18 anos, apresentar documento de identificação e comprovante de residência, além de coleira, no caso de adoção de cães, ou caixa de transporte, para gatos. O futuro tutor também assina um Termo de Guarda Responsável, assumindo o cuidado e assistência à saúde do animal.

Fonte: Agência Brasília


Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Translate »